Dicas de Avaliação: Analise o acabamento e a conservação

Sem comentários

É imprescindível descobrir a idade do imóvel e observar bem seu estado de conservação. Assim como podem existir imóveis antigos, mas extremamente bem conservados, imóveis praticamente novos podem não ter sido tão bem cuidados, consequentemente apresentando problemas.

“Sempre recomendo que o proprietário faça os serviços básicos de manutenção do seu imóvel antes da avaliação, tais como conferir a pintura, o encanamento, a conservação das estruturas metálicas (como portas e janelas), além das telhas e da rede elétrica”, orienta Paulo Roberto, nosso CEO. Isso porque, segundo ele, os compradores chegam com um nível de exigência alto. Assim, um pequeno problema de vazamento já pode fazer com que o valor do imóvel caia significativamente no momento da avaliação.

Esse processo é claramente importante e pode ser iniciado com tarefas relativamente simples. Acionar a descarga dos banheiros ou verificar, torneira por torneira, se há sinais de vazamento ou ressecamento no encanamento já ajuda a localizar problemas hidráulicos. Também verifique se as tomadas estão funcionando e teste as luminárias de cada cômodo. Não deixe de verificar as últimas contas de luz e água para ver se houve um aumento repentino nos últimos meses, o que pode ser sinal de problema na manutenção da infraestrutura do imóvel.

Além disso, faça uma checagem comparando o que foi realizado na última reforma do imóvel com o estado atual da casa ou do apartamento. Problemas como pintura descascando, janelas com resistência à abertura e rachaduras em pisos e cerâmicas podem parecer meros detalhes, mas pesam na hora da precificação do imóvel.

No próximo artigo, a quarta dica será sobre os complementos do imóvel!

Para solicitar uma avaliação imobiliária, você pode contar com a Avalie Já.

RedatorDicas de Avaliação: Analise o acabamento e a conservação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.