Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica

Sem comentários

Saiba quais são os pontos relevantes de como elaborar;

A avaliação imobiliária realizada pelos corretores de imóveis, vem ganhando relevância e respeito junto a sociedade de forma geral pela necessidade de avaliar imóveis de forma correta e com valores que possam de fato serem absorvidos pelo mercado. 

Agora as avaliações já podem ser realizadas por boa parte dos profissional da área, o corretor de imóveis, que antes só podia contar com sua expertise para executar este trabalho, agora dispõe de importantes ferramentas que norteiam e agilizam a avaliação, todavia, mesmo com toda essa tecnologia disponível não substitui a necessidade e o conhecimento técnico deste profissional, como dito, as ferramentas auxiliam e facilitam.

O nome dado à avaliação realizada pelo corretor de imóveis é Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica, também conhecido como PTAM.

A resolução COFECI nº 1066/2007(Ato Normativo-Cofeci nº001/2008) em seu artigo 6º estabelece que, a elaboração de Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica é permitida a todo Corretor de Imóveis, pessoa física, regularmente inscrito em Conselho Regional de Corretores de Imóveis.

Parágrafo Único informa – A pessoa jurídica regularmente inscrita em Conselho Regional de Corretores de Imóveis pode patrocinar a elaboração de Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica, chancelado por corretor de imóveis, pessoa física.

O Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica ou  PTAM  é um documento elaborado por Corretor de Imóveis no qual é apresentado ao interessado, com base em critérios técnicos, análise de mercado com vistas à determinar o valor de comercialização de um imóvel e deve conter os seguintes requisitos mínimos:

a-    Identificação do solicitante;

b-    Objetivo do parecer técnico;

c-    Identificação e caracterização do imóvel;

d-    Identificar a metodologia utilizada;

e-    Encontrar o valor resultante e sua data de referência;

f-     Incluir um breve currículo e assinatura do Corretor de Imóveis Avaliador.

São também pré-requisitos para caracterização do imóvel, o número da matricula, endereço completo e identificação do proprietário.

A correta descrição do imóvel é muito importante neste processo, não economize, deve ser clara e bem detalhada, por isto, a visita presencial ao imóvel é essencial para um resultado mais assertivo. 

Nesta visita seja um bom observador, se possível leve um gravador ou faça um vídeo, fique atento aos detalhes, aqui alguns pontos importantes a serem observados e relatados;

A – Fundamente sobre a área e a qualidade da construção 

b-    Faça uma descrição detalhada;

c–    Observe o contexto urbano, a vizinhança e a infraestrutura da região;

      d– Faça suas considerações finais sobre; o valor, alguns tópicos de mercado e conclua, chamando a atenção para pontos relevantes do imóvel em relação as amostras disponíveis no mercado local, valorize com seu conhecimento técnico.

      e– Revise seu relatório e parecer várias vezes depois, date e assine.

Anexe ao seu Parecer Técnico (PTAM) tudo que julgar importante, mas nada mais que isso, lembre-se, “menos é mais”, quando for pontual e objetivo:

a-    Amostras similares

b-   Mapa de localização do imóvel;

c-    Matricula atualizada;

d-    Informações sobre o IPTU

e-  Relatório fotográfico identificando cada cômodo.

f- Se conseguir algum documentoio sobre o bairro ou região que seja relevante, insisra.

Compreender como elaborar e apresentar um PTAM, é fundamental para o corretor de imóveis.

O mais importante neste processo além de sua capacidade de fazer, é que você profissional, execute o trabalho com zelo, boa apresentação visual, conteúdo e que por fim compreenda que quanto mais capacitado for, maior será o respeito e reconhecimento que seu trabalho irá receber dos colegas e da sociedade. Corretor de imóveis invista em você, aposte em sua qualificação profissional.

Paulo Roberto  – CEO do Avalion

adminParecer Técnico de Avaliação Mercadológica
Veja mais

CRITÉRIOS NA AVALIAÇÃO IMOBILIÁRIA

Sem comentários

A avaliação imobiliária é um processo existente dentro do mercado imobiliário, que baseado em um método, define o valor de determinado imóvel, que pode ser urbano ou rural.
Para realização deste processo, é necessário a contratação de um profissional da área, e o profissional indicado para tal é o corretor de imóveis, que também é um avaliador, para esta contratação, é necessário que você procure entender quem é este profissional, seu currículo e a experiência dele neste mercado.
Quando falamos de avaliação de imóveis, devemos observar alguns critérios que devem ser analisadas neste processo, como:

a- Localização imóvel,
b- Acabamentos
c- Infraestrutura da região
d- Documentação

A pesquisa que será realizada, tem como base não só o imóvel, mas a localização dele dentro do bairro, portanto uma vez que a visita e a vistoria ao imóvel já foram feitas, o próximo passo, é a escolha do método a ser utilizado, que no caso do corretor de imóveis o Método comparativo direto de dados é o mais aconselhado, neste Método o corretor de imóveis irá pesquisar e buscar imóveis similares ao imóvel que ele está avaliando dentro de um raio de pesquisa.

A visita ao imóvel e a vistoria é muito importante, pois é nela que o profissional vai conhecer a infraestrutura do bairro onde o imóvel está localizado, a condição e acabamentos do imóvel avaliando, desta forma quando for executar a sua pesquisa, ele entenderá se o imóvel escolhido em sua pesquisa é ou não similar ao imóvel avaliando.

A infraestrutura da região do imóvel avaliando é fundamental, pois devemos entender em que contexto este imóvel está inserido, muitas vezes observamos que o imóvel foi construído em um local não tão apropriado, criando assim um problema de valorização dentro desta infraestrutura, conhecer o bairro é importante, índices como, renda per capita, população, escolas, hospitais, shoppings enfim, tudo aquilo que ajudem a definir o valor deste imóvel.

A documentação também é muito importante, devemos fazer uma análise desta documentação e primeiro solicitar uma matricula atualizada deste imóvel para identificar se toda a informação esta correta, iptu, condomínio também fazem parte desta análise, tire todas as certidões necessárias para que não ocorram problemas futuros.

Então se você está necessitando avaliar o seu imóvel, procure por um profissional qualificado, que atue e entenda do mercado imobiliário. Não corra riscos a avaliação imobiliária é caso sério e deve ser tratada como tal.

adminCRITÉRIOS NA AVALIAÇÃO IMOBILIÁRIA
Veja mais

Aumento de opções promete que transferência de dívida imobiliária permaneça em alta

Sem comentários

A portabilidade do crédito imobiliário, que se acelerou no segundo semestre de 2019, tende a continuar a crescer em 2020, permite que a continuidade de migração, quem tem contrato pelo SFI por exemplo, poderá migrar para o SFH – algo não permitido atualmente – a partir de abril, além de utilizar o FGTS.

O SFI geralmente reúne as operações de maior valor e não permite o uso do FGTS do trabalhador para abatimento da dívida. Já o SFH utiliza o dinheiro da caderneta de poupança e do FGTS, que são fontes mais baratas de recursos. Uma resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) de novembro do ano passado abre espaço para a mudança do SFI para o SFH, desde que o imóvel que foi financiado cumpra as exigências legais.

Hoje, para entrar no SFH, o imóvel financiado precisa ter valor máximo de R$ 1,5 milhão, dependendo da região do País. Em meados de 2018, porém, este limite era de R$ 950 mil. Isso significa que quem financiou um imóvel de R$ 1 milhão naquela época não conseguiu se enquadrar no SFH. 

– Fonte: Terra

adminAumento de opções promete que transferência de dívida imobiliária permaneça em alta
Veja mais

Seja para compra ou investimento, o mercado imobiliário iniciou a retomada neste ano. Embora, muitas pessoas ainda tenham dúvidas. Entenda como obter como o preço justo de um imóvel.

Sem comentários

A avaliação imobiliária é uma tarefa que proporciona ao comprador e/ou investidor um laudo completo sobre o imóvel,  nele estão todos os dados necessários para entendimento (ou questionamento) do valor estarão presentes, para que – entre outros fins – quaisquer fraudes ou prejuízos possam vir a ser evitados. Ressalta-se que, esta atividade apenas deve ser feita por profissionais credenciados com o CNAI (Cadastro Nacional de Avaliadores Imobiliários), tendo como órgão regulamentador o COFECI em sua resolução 1.066/07″.

É comum, que a avaliação seja realizada em casos de processos judiciais nos quais o imóvel esteja diretamente envolvido, como por exemplo situações que envolvam valores de aluguel, renovação ou revisão, entre outras. A avaliação, em verdade pode ser feita para diversas finalidades.

Geralmente, a avaliação é obrigatória na maioria dos pedidos de financiamento, nessa situação a instituição responsável por regular a concessão do crédito deve realizar o pedido como garantia para o imóvel cobrir o valor investido se não houver o pagamento da dívida. Já nos casos de compra e venda direta – no qual não está envolvido um terceiro – o comprador pode exigir o documento como forma de verificar o real valor do imóvel em relação ao pedido do vendedor. 

Para finalizar, segundo Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), em 2018 já haviam 12,9 milhões de imóveis alugados no País, dentre 71 milhões de domicílios no total, assim, apresentando um aumento de 5,3% na comparação com 2017. Ao mesmo passo em que o número de brasileiros que apostam em imóveis enquanto carteira de investimentos também cresceu; de acordo com o Relatório de Investimento Direto de 2018, divulgado pelo Banco Central (BC), os investimentos em imóveis no exterior subiram de 240% de 2007 a 2017. 

A avaliação é uma necessidade no mercado imobiliário, para que você tenha um trabalho feito com responsabilidade e com base em métodos, contrate um profissional qualificado.

adminSeja para compra ou investimento, o mercado imobiliário iniciou a retomada neste ano. Embora, muitas pessoas ainda tenham dúvidas. Entenda como obter como o preço justo de um imóvel.
Veja mais