Entenda os principais critérios para colocar o seu imóvel para venda no mercado imobiliário.

Sem comentários

Você está pensando em comprar ou vender o seu imóvel e não sabe como fazer? 

Vou te explicar neste texto  o porque é necessário contratar  um corretor de imóveis e quais os critérios que ele utiliza para avaliar e inserir o seu imóvel no mercado. 

Avaliar uma propriedade não é uma tarefa fácil, aqui você vai entender como funciona a Avaliação e o Mercado Imobiliário na hora da venda do seu imóvel.

Comprar e vender um imóvel parece ser algo muito fácil, basta eu colocar um valor e divulgar este meu imóvel, porém não é desta forma que o mercado imobiliário funciona, quando existe a necessidade de vender  um imóvel, você precisa entrar em contato com um profissional autônomo ou uma imobiliária, neste caso é importante que ambos atuem na região onde o imóvel se encontra, conhecer bem o bairro e contribui com um trabalho muito melhor, tanto na avaliação quanto na divulgação do seu imóvel, pois vivem o mercado de uma forma muito mais próxima e intensa.

Todo este processo tem inicio na Avaliação do Imóvel, que é a parte mais importante, aqui, o profissional utilizará de um método para realizar este trabalho que é o Método Comparativo Direto de Dados de Mercado, onde ele irá entregar para você um documento chamado  PTAM – Parecer Técnico de Avaliação Mercadológica, para que você entenda o real valor do seu imóvel.    

Para realizar O PTAM – PARECER TÉCNICO DE AVALIAÇÃO MERCADOLÓGICA, o corretor  realiza  uma pesquisa intensa na região do imóvel, buscando os imóveis que venham a ser similares ao seu imóvel, nesta pesquisa o corretor de imóveis, entra em vários portais, entra em contato com as imobiliárias para entender melhor cada imóvel, suas características e também a localização onde o imóvel se encontra, esta comparação que é realizada deve ser feita de forma muito cuidadosa, identificar a localização onde o imóvel se encontra e toda a sua infraestrutura é muito importante, porém é um trabalho que requer vários cuidados.

Quando finalizadas as pesquisas e definido os imóveis que fazem parte desta pesquisa, é necessário realizar os cálculos para definir o valor do seu  imóvel e qual a relação deste valor em relação ao bairro, bem como qual o valor está sendo praticado no mercado, é através deste conhecimento que o corretor vai definir o valor do seu imóvel.

Uma vez definido o profissional ou empresa, faça um breve contato com o Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (CRECI), este Conselho vai dar informações sobre esta empresa ou profissional que atua no mercado, se existem processos disciplinares contra ele,  assim você saberá quem é este profissional que irá trabalhar com  o seu imóvel, buscar informações ou dados nas redes sociais está virando uma prática muito comum.

Realize um contrato de prestação de serviço, para que você tenha a garantia de que este profissional estará realizando o trabalho pelo qual está sendo contratado, as regras deste contrato devem estar claras e bem definidas, quando você tem um contrato de prestação de serviços junto a um profissional ou imobiliária, isto dá ao mercado a garantia de que o imóvel está qualificado para ser divulgado, isto facilita e dá velocidade ao negócio. É muito comum  no mercado imobiliário a Parceria, onde as imobiliárias procuram umas às outras para realizar negócios, uma tem o imóvel e a outra tem o cliente, e isso faz com que as vendas ocorram de forma mais rapida, porem você deve estar se perguntando, por que remunerar em  6% os honorários para a venda de um imóvel?.

O percentual de honorários que as imobiliárias e profissionais são remunerados, é definido com base em custos de divulgação, rateio entre as imobiliárias, network destes profissionais e o rateio entre as empresas quando houver parcerias, para todo o negócio existe uma margem de lucro e devemos lembrar que todos devem ser remunerados pelo seu trabalho de forma justa e perfeita.

Lembre-se que, o importante é que você divulgue o seu imóvel com o valor correto e que o profissional tenha a possibilidade de realizar esta parceria remunerando o outro profissional com um percentual honesto e equânime, isto trará velocidade ao seu negócio e ânimo para que o negócio aconteça de forma rápida.

Geralmente quando o valor de honorários é de 6%, este valor na parceria é dividido entre as empresas ou profissionais, deste valor, geralmente o corretor da venda e o angariador que é o profissional que trouxe o imóvel para a empresa irão receber um percentual, portanto lembre-se que, se o profissional for trabalhar por um percentual diferente, não aceite, desconfie, pois provavelmente ele não vai trabalhar de forma honesta e dedicada com o seu imóvel.

Paulo Roberto  – CEO do Avalion

adminEntenda os principais critérios para colocar o seu imóvel para venda no mercado imobiliário.

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *